Como viviam os escravos no Brasil resumo

Os escravos viviam em condições muito complicadas no Brasil, por isso para você saber como era fizemos um breve resumo que vai ajudar.

No começo todos os negros que estavam no Brasil eram trazidos de países africanos para viver por aqui, eles eram escravos dos povos que já estavam no país e quando tiveram filhos eles também fizeram parte do mesmo procedimento. Tudo isso acontecia porque na cultura africana a dívida era passada de pai para filho, com isso os agricultores da época compravam esses negros para que eles pudessem trabalhar em suas lavouras. No início eles trabalhavam em canaviais e nos engenhos de cana de açúcar, depois passaram a fazer parte da lavoura de café. Para os agricultores isso era bom, afinal era possível gastar muito pouco com esses homens, dando apenas alimentos ou chibatadas em casos de desobediência, alguns deles conseguiam fugir dentre a mata e se encontrar com outros que faziam o mesmo, eles formavam quilombos e viviam escondidos.

Como eles foram libertados

Tudo começou quando os negros receberam a liberdade pela compra da carta de alforria, esse era um documento muito importante que declarava o escravo como uma pessoa livre. O problema era que eles ficavam contra o governo e por isso precisavam aceitar trabalhos de péssimas condições, já que não tinha auxílio para os estudos, saúde ou dinheiro. Nem mesmo com a chegada da lei do fim da escravidão que era a Sexagenário e a Lei do Ventre eles tiveram sucesso, a primeira das leis declarava livre os escravos depois de completarem 60 anos de idade, coisa que não adiantou em nada já que a média de idade deles era de 40 anos. Depois de muitos esforços foram livres pela lei áurea que foi assinada pela princesa Isabel em 1888, mas ainda sim eles passaram dificuldades.

Escravos

Preconceito ainda continua

Como os negros são historicamente pobres eles ainda sofrem preconceitos de pessoas de pele clara, apesar de não haver um motivo claro para isso. Algumas leis são contraditórias e causam certo desconforto entre a população, tais como a cota para estudantes universitários, nelas uma porcentagem das vagas tem que ser direcionada aos negros, o que leva muitos a pensarem que eles não têm condições de passarem sozinhos pelas provas do vestibular. Além disso, existem muitos locais que preferem dar empregos para brancos, e tudo isso o que vemos de errado acontece no Brasil que é um país onde existe uma grande quantidade de negros.

Negros apanhando

Infelizmente essa é uma realidade para o Brasil, mas aos poucos ela parece que vai tomando novos caminhos por aqui, diferente de alguns países europeus que não perdoam as pessoas de cores negras e nem mesmo os de pele morena. Veja o vídeo de fotos inéditas dos escravos: