Quem proclamou a independência do Brasil

Quem proclamou a independência do Brasil? Se você ainda não sabe quem foi o homem que fez isso poderá descobrir agora nesse resumo.

Não há dúvidas de que no Brasil um dos fatos mais importantes que aconteceram por aqui foi a Independência do Brasil, depois disso foi marcado o fim de uma era em que os portugueses dominaram as nossas terras e também chegou a autonomia da política do Brasil. Muita gente tentou conseguir esse feito, mas acabaram perdendo a vida por esse ideal, o caso mais conhecido foi o de Tiradentes. Ele acabou executado pela coroa portuguesa no momento em que defendia a liberdade, isso ocorreu durante a Inconfidência Mineira.

Quem proclamou a independência do Brasil

Dia do Fico: esse foi o primeiro acontecimento que marcou esse processo, quando em 1822 no dia 9 de janeiro D. Pedro I recebeu uma carta da corte pedindo que ele retornasse para Portugal, durante muito tempo os portugueses já vinham insistindo nessa ideia, mas D. Pedro I respondeu negativamente e foi aí que ele ditou a famosa frase: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico.”

Processo de independência: depois de dizer isso várias medidas foram tomadas por D. Pedro I, e elas desagradaram e muito a metrópole, pois já era preparado o caminho para a independência. Durante uma Assembléia Constituinte ele pediu para que a Marinha de Guerra fizessem as tropas de Portugal voltassem para lá, e também determinou que nenhuma das leis vindas da coroa portuguesa tivessem influencia no Brasil.

Independência

D. Pedro I recebeu uma nova carta de Portugal que anulava a Assembléia Constituinte, e ela pedia que ele voltasse imediatamente para a metrópole. As notícias chegaram até ele quando estava em viagem de Santos para São Paulo e próximo ao riacho do Ipiranga fez o ato de levantar sua espada e gritar: Independência ou Morte! O fato ficou marcado por ocorrer no dia 7 de setembro de 1822 e marcou a Independência do Brasil que é comemorada até hoje como um feriado nacional.

Para que tudo ocorresse dentro do que queriam os portugueses desejaram e conseguiram que o Brasil pagasse 2 milhões de libras em estrelinhas para reconhecer a independência de sua ex colônia. Como não tinha o dinheiro D. Pedro recorreu a Inglaterra onde fez um empréstimo.

Apesar de tudo o que aconteceu o povo pobre brasileiro se quer entendeu o que aconteceu, e muita gente continuou como escravo, sem contar a desigualdade social que também estava presente. A elite que foi quem mais deu apoio a D. Pedro I foi quem mais se beneficiou.